quarta-feira, 9 de julho de 2008

Só dá Dantas

Meu comentário das 11 e 30 na Rádio Mundial AM1180:

É claro que não se fala em outra coisa nos blogs e nos sites na internet: a prisão de Daniel Dantas e as suas conseqüências. Até esquecem um pouco dos outros presos importantes – Naji Nahas e Celso Pitta.
Só da Dantas.
Já existem até enquetes em que os internautas são convidados a apostar: por quanto tempo Daniel Dantas ficará preso?
O advogado dele já tinha entrado com pedido de habeas corpus antes mesmo da prisão. Conseguiu esta façanha porque a Folha de São Paulo noticiou há dois meses que a PF estava investigando o banqueiro e se preparava para levá-lo aos tribunais.
A prisão de Dantas e de outras 16 pessoas foi um furo do jornalista Bob Fernandes, do Terra Magazine, site do Portal Terra. Ele noticiou a operação da PF ontem às 7 e 48 da manhã. E todo mundo correu atrás.
Uma discussão que toma conta dos blogs agora é que governo teve mais envolvimento com o banqueiro: o atual, de Lula, ou o anterior, de Fernando Henrique. Os blogueiros governistas juram que tudo começou no governo FH. Os blogueiros de oposição garantem que tudo começou no mensalão. Eu, que não sou governo nem oposição, apenas registro a briga.
Esta discussão vai longe e talvez não termine nunca.
Ricardo Noblat, no seu blog, critica o presidente do STF, Gilmar Mendes. O ministro questionou duramente a ação da PF ontem. Disse que houve espetacularização da prisão, com uso desnecessário de algemas, apenas para render fotos e vídeos na imprensa.
Noblat diz que Gilmar não poderia dar esta opinião. Até porque caberá a ele, nas próximas horas, julgar o habeas corpus em favor de Dantas e, ao criticar a prisão, ele estaria antecipando uma opinião que beneficiaria o preso.
Os sites e blogs noticiam que o advogado de Dantas, Nélio Machado, está ameaçando divulgar à imprensa documentos que comprometem o PT, demonstrando o envolvimento do partido com o banqueiro.
Os petistas juram que se alguém deles esteve envolvido com Dantas foi apenas José Dirceu, que não pertence mais ao governo e caiu em desgraça no partido.

Bob Fernandes, em texto que publica hoje no Terra Magazine, afirma:
“Entenda-se, uma vez que, na praça, desinformados e desinformadas de vários matizes já excitam-se com “a volta do mensalão”.
Não, não é uma investigação que esbarra em maracutaias do “mensalão”. É uma devassa que chega a bem antes. E chegará a bem depois. Algo muito maior, muito mais profundo e poderoso do que o mensalão. Que viceja, brota gloriosamente em meio à privatização do sistema Telebras, embora pensado antes ainda. Algo que mira também o presente e o futuro.
Não, não é coisa de pés-rapados, adoradores de penosas, de pobres-diabos que recebem o “por fora” no guichê do Banco Rural - do Brasília Shopping. É fato inédito na história dos crimes financeiros. É coisa de uns 2 bilhões. De dólares. É coisa de quem montou, geriu, operou, opera o Sistema.”

Segundo Bob, nos próximos dias vão aparecer alguns jornalistas na lista dos envolvidos com o banqueiro. Aqueles, dos quais falamos mais cedo, que teriam prestado serviço a Daniel Dantas plantando notas e notícias a favor dele nos jornais.
Esta briga vai longe.

2 comentários:

João disse...

Na minha terra, desinformado é quem ignora o mensalão. E picareta quem tenta contribuir para isso, como a revista em que bob fernandes trabalhava, a chapa capital.

E quantos aos que plantavam notas a favor dos adversários dele, como o "revoltado" Ricardo Boechat?

João Pequeno disse...

Aliás, o economista Rodrigo Constantino foi direto ao ponto, com toda a correção:

"Por que não vemos a mesma postura da polícia quando se trata dos petistas envolvidos em infindáveis esquemas criminosos? Lembram que a polícia nem mesmo queria mostrar a montanha de dinheiro apreendida com petistas “aloprados” para a compra do dossiê contra o PSDB paulista?"

Postar um comentário