sexta-feira, 3 de outubro de 2008

Denúncia contra um blogueiro negligente

O blogueiro passou o dia fora de casa e não conseguiu fazer atualizações.

Vida de desempregado, vocês sabem, dá um trabalho danado. É melhor que não saibam.

Espero que os 12 leitores deste blog sejam capazes de sobreviver 24 horas sem ele.

O autor consegue, mas sempre que é obrigado a abandoná-lo por algumas horas, se sente culpado e negligente. Como se ganhasse alguma coisa com isto.

A culpa é fundamento da ética, mas a sensação de negligência incomoda.

3 comentários:

Cris Fagundes disse...

É uma satisfação vê-lo afundado no vício, Maronão.
Se não ganha nada por isso, tenha certeza que os leitores ganham...

José Carlos disse...

Me engana que eu faço parte de um grupo tão seleto!

Só doze?

Se fosse verdade seriamos privilegiados em poder ler textos tão saborosos.

Um abraço do TO!

Hawker disse...

Tô feliz da vida entre os 12 que lêem com prazer este blog desatualizado.
A propósito, entre rapidinho no assunto: o PM que matou na Baronetti foi absolvido, como você previa. Previsão que irritou profundamente o professor João Batista de Abreu, meu amigo,que bateu boca com você. E você estava certo. O PM etava armado porque era autorizado legalmente a fazê-lo; duas testemunhas disseram que a vítima, embriagada, tentou tomar a arma dele. Pronto. Legítima defesa caracterizada.
Que fazer? Eu disse na época do crime em seu blog que a Justiça não toma decisões com base em matéria de jornal, nem pode, já que muitas são mal apuradas. Vamos ao trabalho!
Romildo Guerrante

Postar um comentário