segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

A esquizofrenia do Dia

Alguns leitores me cobraram uma análise da decisão do jornal O Dia de publicar no seu site um vídeo que mostra o ex-marido de Suzana Vieira logo depois da morte, na garagem do prédio em que vivia.

É nauseante, desnecessário, sensacionalista. Um desrespeito ao bom gosto, sem qualquer interesse jornalístico, ao contrário do que alega a chefia da redação do jornal.

O Dia vive apregoando que deixou de ser um jornal popular e virou "quality paper". Que nada! Quer concorrer com O Globo, mas de vez em quando faz pontaria no Extra. Nem o sucesso inegável do Meia Hora serviu para curar esta esquizofrenia.

O blog não faz análise profissional e metódica da imprensa. Faz críticas e elogios eventuais e quase sempre episódicos. Acaba dando mais atenção aos jornais que lê diariamente - O Globo e a Folha, dos quais é assinante. Adota atitude tolerante com o JB, provavelmente por conhecer a situação da empresa e torcer intimamente para que supere suas dificuldades. Quanto aos demais jornais, a leitura é rápida e despreocupada.

Um comentário:

Stefano disse...

Manchete d'O Dia após a reeleição do Molusco: O POVO NÃO É BOBO, É LULA DE NOVO; outra manchete, há algumas semanas, após a chegada da crise-marolinha: MAIS CRÉDITO, PAC GARANTIDO.

Isto é jornalismo? Sou mais o saudoso Planeta Diário...

Postar um comentário