segunda-feira, 14 de julho de 2008

Eu quero a minha cerveja Polar

da Folha online:
A cervejaria belgo-brasileira InBev comprou a rival americana Anheuser-Busch (dona da marca Budweiser) por US$ 52 bilhões (US$ 70 por ação). A nova companhia irá se chamar Anheuser-Busch InBev e a proposta foi aprovada por unanimidade pelas diretorias das duas empresas, segundo comunicado conjunto de ambas divulgado nesta segunda-feira.
A empresa resultante da combinação de ambas deve criar uma das cinco principais empresas de bens de consumo mundiais e a principal do setor de cervejarias. Com base nos dados de 2007, a produção combinada de ambas teria chegado a 460 milhões de hectolitros, receita de US$ 36,4 bilhões e um Ebitda (lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação) de US$ 10,7 bilhões.


Sou o único anacrônico ou mais alguém acha desconfortável que qualquer marca de cerveja que a gente peça para o garçon seja do mesmo fabricante? Até a Budweiser! Eu quero a minha Polar! Ou ela já pertence a Inbev?

5 comentários:

Tito Maciel disse...

Marona...Peça duas por favor!! Ou então vamos bebericar um vinho da serra gaúcha!

Upiara Boschi disse...

Pior que já pertece. Assim como todas as da Ambev.

mrmarona disse...

A Polar já é da Inbev?
Porra, vamos beber o quê?

Neuhaus, Adrian disse...

Vamos beber uma Patrícia, da honrosa Salus del Uruguay, que não se rende assim, no más. Até a Norteña, conquanto a população protestava, foi sendo comida pelas beiradas. Bueno, bom mesmo é tomar Pilsen ou Patrícia, acampando no Parque da Fortaleza de Santa Teresa durante o Carnaval. Já foi se o tempo que o carnaval do interior gaucho era tão bom.
Abraços.

SulDoMundo disse...

A Pilsen, assim como a Norteña também são Inbev, como a Polar. Bebam Heineken

Postar um comentário